Loader
  • 41 3608-1303 9991-8166
Selos Ambientais

Selos Ambientais

Os selos ou rótulos ambientais são a melhor maneira de uma empresa demonstrar a credibilidade dos avanços ambientais em seus produtos para os clientes.

 

No Brasil, já existem alguns selos ambientais que iremos mostra abaixo.

  • 1) Selo LEED

O Leadership in Energy and Environmental Design (LEED), é uma certificação ambiental internacional focada em edificações. No Brasil ele é gerenciado pelo Green Building Council Brasil (GBC) e para se obter esse selo devem ser avaliadas 7 dimensões:

1-Espaço sustentável: um exemplo é a redução do uso de carros e da formação das ilhas de calor;
2-Eficiência do uso da água: redução do consumo de água potável e alternativas de tratamento e reuso desse recurso;
3-Energia e atmosfera: promover a eficiência energética com soluções simples e inovadoras;
4-Materiais e recursos: utilizar materiais de baixo impacto ambiental e reduzir a geração de resíduos.
5-Qualidade ambiental interna: ações que influenciam diretamente no conforto do usuário.
6-Inovação e processos: edificações que promovam inovações ambientais.
7-Créditos de prioridade regional: incentivar créditos definidos como prioridade regional no Brasil.

 

  • 2) GHG Protocol

GHG ProtocolO GHG Protocol, ou Protocolo GHG, foi criado pelo World Resources Institute (WRI) e o World Business Council for Sustainable Development (WBCSD) e introduzido no Brasil pelo Centro de Estudos em Sustentabilidade (GVces) da Escola de Administração de Empresas da Fundação Getúlio Vargas (FGV-EAESP). Ele foi criado para ser uma ferramenta na qual empresas de qualquer setor pudessem monitorar e reduzir seus impactos quanto às mudanças climáticas, através da contabilização das emissões de gases de efeito estufa (GEE).

Essa contabilização envolve 3 escopos: o escopo 1 se refere às emissões diretas da empresa; o 2 às emissões indiretas causadas pelo consumo de energia elétrica; e o 3 a todas as outras emissões indiretas de GEE, sejam elas relacionadas aos materiais e insumos comprados pela organização (upstream) ou relacionadas aos bens e serviços vendidos (downstream). Vale mencionar que o escopo 3 é uma ACV dos produtos da organização, porém focada nas emissões de GEE, ou seja, é uma pegada de carbono.